Tabela Seguro Desemprego 2022

A tabela Seguro Desemprego 2022 é muito importante para a solicitação e para o recebimento do seguro desemprego, pois para calcular o valor a ser recebido no seguro desemprego, é feita uma média dos salários recebidos nos últimos três meses pelo trabalhador, e utiliza-se a Tabela Seguro Desemprego 2022 para calcular o valor final da parcela do seguro.

Tabela Seguro Desemprego 2022

Tabela Seguro Desemprego 2022

Seguro Desemprego 2022

O benefício é pago mensalmente na conta cadastrada pelo trabalhador no momento da solicitação do seguro. O seguro pode ser solicitado e consultado de forma online, de forma online e rápida. No site da Caixa Econômica Federal é possível consultar todas as informações sobre agendamento, solicitação e consulta do seguro desemprego 2022, além dos documentos necessários para solicitação. O site para a consulta dessas informações é: https://www.caixa.gov.br/.

Tabela Seguro Desemprego 2022

Os trabalhadores que foram demitidos (desde que não tenham sido demitidos por justa causa), têm direito a solicitar o seguro desemprego. Com esse auxílio de caráter provisório, o trabalhador recebe de três a cinco parcelas mensais (de acordo com o tempo trabalhado), como forma de “substituição” para o salário que recebia onde trabalhava. O valor que será recebido em cada parcela varia de acordo com a Tabela Seguro Desemprego.

Os valores da tabela variam de acordo com o ano, e também do quanto o trabalhador ganhava anteriormente. As taxas de multiplicação são maiores para os menores valores salariais. Além disso, vale ressaltar que as parcelas do seguro desemprego 2022 não são prorrogáveis, pois trata-se de um seguro de caráter provisório e emergencial.

Média Salarial Parcela devida
Até R$ 1.599,61 salário médio * 0,8 (80%).
Entre R$ 1.599,61
e R$ 2.666,29
O que exceder a R$ 1.599,61 multiplica-se
por 0,5 (50%) e soma-se a R$ 1.279,69.
Mais que R$ 2.666,29 Sempre será de R$ 1.813,93

Quem tem Direito ao Seguro Desemprego

Para poder solicitar o seguro desemprego é necessário que o trabalhador seja:

  • Trabalhador privado ou doméstico, desde que não tenha sido demitido por justa causa e que tenha carteira assinada;
  • Pescador profissional (com documento comprobatório) e que esteja no período em que a pesca fica proibida ou é limitada (período conhecido como período de defeso);
  • Trabalhador que estava sob trabalho análogo ao escravo e foi resgatado;
  • Trabalhador cujo contrato de trabalho tenha sido suspenso para a realização de um curso de capacitação profissional, que seja custeado pelo próprio empregador.

Valor do Seguro Desemprego

Como citamos anteriormente, o valor do seguro é calculado com base nos últimos salários recebidos, sendo que esse valor é multiplicado pela taxa disponível na tabela de seguro desemprego, cujas taxas variam de acordo com o ano. Por exemplo, no ano de 2020, os trabalhadores que tiveram média salarial de até R$1599,61 devem multiplicar a média por 0,8, taxa relativa a essa faixa salarial.

Como Agendar o Seguro Desemprego

Para agendar o seguro desemprego é necessário que o trabalhador cumpra os requisitos citados anteriormente, e solicite o benefício:

  • No Portal gov.br;
  • No aplicativo Carteira de Trabalho Digital;
  • Nas Superintendências Regionais do Trabalho, cujo atendimento deve ser agendado através do número 158.

Caso o trabalhador seja trabalhador doméstico só é possível solicitar o seguro desemprego através da Superintendência Regional do Trabalho, comparecendo até o local com os documentos solicitados.

Leave a Reply